Completando 7 anos de existência em 2021, num formato de Oficina Livre de Teatro aos sábados, SOL.TE - Teatro para Crianças e Adolescentes, é o início de um mundo, inspirado em um poema de Paulo Leminski.

     Num formato de Oficina Livres, que acontecem aos sábados, o projeto já atendeu mais de 250 participantes, entre crianças e adolescentes, alcançado mais de 2281 pessoas, entre familiares, amigos, colegas, colaboradores, participantes e comunidade em todas as ações realizadas ao longo dos últimos anos, todas gratuitas, compreendemos a gigantesca potencialidade de expandir e crescer: a nós mesmos e principalmente o outro.

"Aqui a gente se diverte, brinca, interpreta, faz amigos, dá risada e a gente pode ser quem a gente é..."

Leonardo, 11 anos, integrante do projeto desde 2018

Para saber mais, acesse:

Sol.te é um projeto de futuro e que a partir de 2022 acontece em duas modalidades distintas:

Oficina Livre

Escola Cultural

IMG_5204
IMG_5254
IMG_5244
IMG_5224
IMG_5179
IMG_5162
IMG_5168
IMG_5247
IMG_5163
IMG_5191
IMG_5160
IMG_5147
IMG_5155
_MG_5146
_MG_5144
IMG_5047

   Era Agosto de 2014, a Cia. Teatro do Incêndio tinha sede na Rua da Consolação, em um imóvel quase ao lado da Escola Estadual Marina Cintra. Às 17 horas, as crianças iam embora e passando em frente do teatro perceberam que ali não era mais uma pizzaria. Encantadas com aquele espaço de portas abertas para receber, perguntaram retoricamente se podiam entrar e já entraram. Olharam tudo ao seu redor e indagaram se podiam voltar... E voltaram! Voltaram duas semanas depois, inscritas no projeto Sol-te, teatro para crianças e adolescentes, que nasceu ali, daquele momento.

    O projeto se iniciou em fase teste com o nome de "Arteiros". A procura com apenas 2 semanas de inscrição e divulgação no boca a boca pelos arredores do bairro, foi enorme. Desde então o projeto nunca mais parou. Em 2015, foi rebatizado de Sol-te, teatro para crianças e adolescentes, e mais de 150 pessoas, entre crianças e adolescentes, já foram contempladas pelo projeto. Semestralmente as inscrições são abertas para novos integrantes, assim como para rematrícula dos que já fazem parte.

    

 Nossa prática de ação se dá por algo que denominamos "Entremundos". A possibilidade entremundos nos conecta com múltiplos conceitos e práticas da arte, da cultura, manifestações populares, brincadeiras, folguedos, jogos, entre outros, criando um processo de aprendizagem e contato com a prática teatral num espaço de diverso e de inúmeras perspectivas.

Entremundos
No teatro - No mundo

  O fazer teatral nos proporciona a experiência de nos descobrirmos, reconhecermos, aceitarmos, de ampliarmos nossas possibilidades enquanto individuo, olhando e trabalhando com o outro. Une-se a isso ainda, o encontro e conhecimento da nossa tradição cultural, podendo ser um processo de construção de nossa autonomia criativa, consciência enquanto individuo e coletivo, dando vazão ao ser pensante e assim político.

Sempre jogando

  Como prática de compartilhamento de experiência utilizamos os jogos e brincadeiras, tanto populares quanto teatrais, para trilhar objetivos concretos como: ampliar a observação, dar vazão a criatividade e imaginação, criar segurança de ser e estar, conhecimento do seu eu - corpo e voz, projeção física e vocal, exercitar a memória e a própria brincadeira pela brincadeira - espaço de excelência da construção, interação, do diálogo com o conhecimento e da autonomia em um mundo tão regido pela lógica da produção.

Quer saber mais?

DSC_1393.jpg

cOLABORADORES

Idealização e coordenação: Gabriela Morato

Educadores: Elena Vago, André Souza e Yago Medeiros

Assistente: Paula Almeida